A-Z Lyrics Database
Welcome! Login | Register
Lyrics   »   V   »   Velhas Virgens Lyrics   »   Maldita Ressaca Lyrics

Velhas Virgens - Maldita Ressaca Lyrics

Font:      
Align:    
  • Toca o telefone, latem os cachorros, choram as crianças
  • E eu não consigo dormir
  • Será que não percebem, voltei da bebedeira, minha cabeça dói
  • Acho que vai explodir
  • Eu bebi tudo aquilo que encontrei
  • Não bebi mais porque não achei
  • Até há pouco tava tudo bem
  • Agora me sinto debaixo de um trem
  • Toca a campanhina, gritam os vizinhos, não sei o que faço
  • Sei que de hoje não passo
  • Não vou pro trabalho, não vou pra escola, dê-me uma esmola
  • Me deixe dormir em paz
  • Eu bebi tudo aquilo que encontrei
  • Não bebi mais porque não achei
  • Até há pouco tava tudo bem
  • Agora me sinto debaixo de um trem
  • Maldita ressaca
  • Dedo na garganta
  • Sou trapo humano
  • Jogado no chão de um banheiro
  • Passarinhos cantam
  • Por quem os sinos dobram
  • Garanto que não por mim
  • Eu nunca mais vou levantar
  • Eu nunca mais quero trabalhar
  • Prometo até que não bebo nunca mais
  • Mas nunca é sempre tempo demais
  • Maldita ressaca
  • Tambores da África
  • Na minha cabeça
  • Bateria da Mocidade
  • Na minha cabeça
  • Motores dos carros, bombeiros, cidade
  • Morteiros, puteiros, boates...
  • Maldita ressaca

  • Report error in lyric




    The Maldita Ressaca lyrics by Velhas Virgens is property of their respective authors, artists and labels and are strictly for non-commercial use only.
    Copyright © 2009-2018 Azlyricdb.com. All Rights Reserved | Privacy policy | Blog
    You are now viewing Velhas Virgens Maldita Ressaca Lyrics